domingo, outubro 24, 2021

terça-feira, outubro 19, 2021

domingo, outubro 17, 2021

Leituras do momento...



"(...) Em 1990 o Retrato do Doutor Gachet de Van Gogh foi comprado pelo milionário japonês Ryoei Saito, pelo valor recorde de 82 milhões e 500 mil dólares. Matilde Asensi, autora bestseller com mais de 20 milhoes de livros vendidos em todo o mundo, inspirou-se nessa história para criar Sakura, um romance em que as tradições da cultura nipónica se entrelaçam com a pintura impressionista, as gravuras ukiyo-e e a arte urbana. As cores têm a força dos seus protagonistas e a extraordinária presença da cerejeira em flor, sakura, surge como uma metáfora da beleza e da fugacidade da vida.

Neste novo livro, Matilde Asensi leva-nos de Paris ao Japão pela mão de van Gogh, numa aventura em busca do Retrato do Doutor Gachet, que marcará para sempre a vida dos seus protagonistas. (...)"

 

(in almedina.net)

 

sábado, setembro 25, 2021

domingo, setembro 05, 2021

Leituras do momento...





"(...) é um universo esplêndido o que encontramos, pleno de mistérios e volte-faces, de sombras e matizes, convidando a várias leituras. Nestas páginas encontramos um tradutor metido em sarilhos durante a rodagem de um filme com Elvis Presley; uma mulher que lê para um fantasma; um médico que visita mulheres presas a casamentos infelizes; um guarda-costas que testemunha a preparação de um homicídio; uma aspirante a actriz porno à espera de conhecer o seu companheiro no filme; um homem e uma mulher assassinados por uma lança africana; um mordomo fechado num elevador em Nova Iorque; um casal de mafiosos caído em desgraça; um assassino por encomenda que tenta dissuadir aqueles que o querem contratar; um escritor viciado em medicamentos que põe de lado a medicação para investigar o efeito da dor na existência. O mundo dos contos de Javier Marías é tão inquietante e sedutor que é difícil não mergulhar nele, encantados, enfeitiçados, mesmo sem saber se seremos capazes de sair. (...)"

(in wook.pt)



domingo, agosto 22, 2021

Leituras do momento...





"(...) O poema haiku não inferioriza nem zomba, não se serve do intelecto, valoriza as coisas pequenas, valendo-se da surpresa e de um reduzido vocabulário, começa ainda antes da primeira letra da primeira estrofe e acaba muito depois da última sílaba da terceira estrofe.

É poesia despersonalizada, já quase fora da linguagem comum, nasce no silêncio, atravessa, como um relâmpago, o olhar do contemplador e regressa ao silêncio; e enquanto existiu pareceu durar o tempo de um movimento respiratório. Resultante em grande parte da contemplação da beleza e comportamentos da natureza, este estilo poético assume-se como fenómeno que transcende o pessoal, é puro presente, é um momento suspenso, eterno em si mas que não volta a acontecer. Nele, desaparece a separação observador/observado, para dar lugar à ausência de ego, à manifestação do sublime.

No final da breve leitura do poema, o leitor arrisca-se a ser percorrido por um calafrio que não poupará nenhuma célula do seu corpo; talvez o seu olhar se semicerre e se suspenda no seio de um horizonte para além do horizonte visível; talvez assome ao canto dos seus lábios o movimento de um sorriso somente perceptível pelo olhar puro das crianças e dos animais.

 

imóvel contemplo a lua

e os outros pensam

que sou cego (...)"

 

(in bertrand.pt)


domingo, agosto 15, 2021

Leituras do momento...





"(...) Neste seu aclamado romance, Kazuo Ishiguro conta a história de Etsuko, uma mulher japonesa que agora vive sozinha em Inglaterra, chorando o suicídio recente da filha.

Refugiando-se no passado, dá consigo a reviver um Verão particularmente quente em Nagasáqui, quando ela e as amigas se esforçavam por reconstruir as vidas após a guerra. 

Mas, quando recorda a sua estranha amizade com Sachiko - uma mulher abastada reduzida pela guerra à indigência -, as memórias assumem um tom inquietante. (...)"
(in wook.pt) 


sexta-feira, agosto 13, 2021

Leituras do momento...





"(...) Fruto de uma viagem ao Japão, a convite do Centro Nacional de Cultura, e devedor também do «Book of Haikus» de Jack Kerouac, «A Papoila e o Monge» é o novo e surpreendente livro de poesia de José Tolentino Mendonça. (...)"


(in wook.pt)


terça-feira, agosto 10, 2021

Leituras do momento...





"(...) A terapia japonesa dos banhos de floresta que melhora a sua saúde e bem-estar

O termo shinrin-yoku ou banho de floresta vem do Japão e significa, literalmente, mergulhar na atmosfera da floresta.

Yoshifumi Miyazaki, professor universitário e responsável pelos principais estudos sobre o shinrin-yoku, revela neste livro como pode tirar proveito do poder curativo da Natureza para equilibrar o corpo e a mente. 

Os benefícios da prática desta terapia natural na saúde física e mental são poderosos: reduz a tensão muscular e a pressão sanguínea, fortalece o sistema imunitário, diminui o stress, acelera a recuperação na doença, melhora a qualidade do sono, aumenta a capacidade de concentração e reforça a intuição. (...)"


(in wook.pt)